Media Lab - Estadão
Patrocinadores de conteúdo
Ricardo Fortes
Diretor de Relações Corporativas Fiap

Mobilidade Urbana e suas várias matrizes


26 de outubro de 2018

Mobilidade urbana é o conjunto de condições nas quais a locomoção das pessoas se realiza em um centro urbano ou metrópole. A mobilidade urbana pode ser baseada em três pilares:

  • Urbano: uso do espaço e suas consequências, incluindo aqui mobiliário urbano, vias de acesso, impacto no ambiente, etc.
  • Social: como a malha urbana evolui de acordo com tendências e padrões socioculturais e econômicos, integrando ou afastando grupos de indivíduos.
  • Tecnológico: vem a colaborar para resolver os impactos gerados pelo aumento dos impasses que dificultam o deslocamento populacional e sua integração.

Este artigo busca determinar como a união desses três pilares pode tornar a locomoção urbana mais fluida e com menos impacto no dia a dia da população que vive nas cidades.

 

Um pouco de história… Com o advento da agricultura há 10.000 anos, os indivíduos fixaram suas moradias em função dos recursos que atendiam suas demandas imediatas. E passaram a se aglomerar em busca de soluções comuns para a sobrevivência. Com o tempo, passam a criar as ordens e as malhas urbanas, determinando os espaços sociais e econômicos de acordo com sua cultura. Assim, assírios e egípcios, maias, astecas e incas, entre outros, evoluíram suas estruturas sociais para graus extremamente complexos, influenciando a malha urbana e agrupando os indivíduos por classes sociais ou econômica.

 

Gregos e romanos estabeleceram rígidos controles em suas malhas urbanas com propósitos militares. A partir da Idade Média, a sociedade entra em declínio econômico e o impacto social se reflete na degradação das malhas urbanas, até o Renascimento, que traz novos conceitos demarcados nos grandes centros urbanos. A Terra deixa de ser formada por células singulares e passa a compartilhar culturas em diferentes locais.

 

Paradoxalmente, a Revolução Industrial trouxe a concentração populacional para os grandes centros, gerando os primeiros impactos ambientais e de deslocamento urbano. Novas tendências de malha urbana saíram do papel no século 18, jogando ainda mais a população com menor poder aquisitivo para as periferias. Com a criação do automóvel, as ruas e os espaços públicos tomaram definições amplas e nobres, transformando as distâncias em obstáculos para a maioria, segregando a população.

 

Nos Estados Unidos, com a ocupação do interior do país, a malha urbana se torna um tecido xadrez. É a tentativa de construir espaços democráticos com o propósito de simplificar o deslocamento de pessoas e automóveis o que, mais tarde, facilitaria o transporte público, como transporte de massa. Um parêntese: o conceito de “transporte coletivo” nasceu no século 19, na França. E foi retificado com o metrô, em Londres, tentativa de reduzir a poluição e o ruído causado pelos automóveis. Rapidamente, a nova tendência se espalhou pelo planeta, trazendo consequências que vemos até o presente.

 

Muito se fez para resolver e facilitar o deslocamento da população em grandes centros, tendo como protagonistas grandes arquitetos, como Le Corbusier e Lucio Costa, entre tantos, no propósito de planejar cidades para os meios de transporte. Porém, com o tempo, se verifica que a sociedade impõe suas regras sociais, determinando como deve se comportar o espaço onde elas habitam, influenciado pelos seus laços culturais e econômicos.

 

Com o crescimento populacional e o espalhamento urbano que ocorre a partir do pós-guerra, nasce o conceito logístico de intermodal no intuito de usar diferentes meios de transporte para levar e trazer produtos. Esse conceito passa a influenciar a sociedade na busca de melhores formas de transpor as distâncias que aparecem no século 21 e que irão construir as bases para novas propostas tecnológicas que trarão novas soluções.

 

Em síntese, a malha urbana vem sendo desenvolvida e impactada pelas mudanças impostas pela sociedade até o presente.

 

A tecnologia é um recurso inspirador da mudança. No século 21, 68% da população mundial reside em cidades. São quase 5 bilhões de pessoas que se aglomeram e que têm objetivos comuns de deslocamento: ir visitar o amigo, parente, ir ao supermercado, ao hospital, ao trabalho, viajar, etc. São cidades dentro de mais cidades, rompendo a malha urbana impactada pela geografia e a capacidade orgânica de forçar a sua adaptação aos terrenos para atender a população. Isso se agrava com o acréscimo dos diferentes meios de transporte sendo implementados. O espaço físico está ficando escasso.

 

E a criatividade humana demonstra não ter limites na busca de soluções que cada vez mais estão dentro do contexto tecnológico. Várias tendências estão sendo otimizadas no mercado na perspectiva de minimizar os impactos de um crescimento exponencial da vida urbana, com aplicativos como o Waze, entre outros, que reduzem o tempo gasto no deslocamento de indivíduo, fomentam a interação entre os protagonistas e permitem reestruturar a malha urbana por meio da análise do fluxo urbano. Cria o vínculo Tecnológico, Social e Urbano.

 

Note: 25% dos brasileiros usam transporte público todos os dias e há mais 51.2 milhões de automóveis, 50 milhões de bicicletas. Hoje, 57% dos brasileiros usam app de transporte privado em algum momento com o propósito de facilitar o deslocamento. Apesar de nossa Constituição Federal prover de imposições na busca de soluções para os problemas de transporte público (CF/88 art. 21, inc. XX – “Compete à União: instituir diretrizes para o desenvolvimento urbano, inclusive habitação, saneamento básico e transportes urbanos”) será a própria sociedade que irá avaliar e selecionar as melhores opções e soluções que virão por meio da tecnologia minimizar o agravamento destes impactos.

 

Em síntese: através do tempo, a sociedade fez e refez suas malhas urbanas seguindo as tendências que determinou para si, mesmo que impostas por poderes econômicos ou políticos. A tecnologia agora protagoniza o escopo de soluções, apresentando à sociedade quais deverão ser implementadas para diminuir as distâncias, viabilizar o contato entre as pessoas e gerar menor impacto ambiental.

 

 



A Fiap estará presente nos painéis “O futuro da mobilidade: conectado, multi-modal e compartilhado”, no dia 08/11, às 20h, “Cidades brasileiras inovando para melhorar os serviços e a vida nas cidades”, no dia 14/11, às 17h, e “Mobilidade para todos os gostos” no dia 15/11, às 14h.

Confira abaixo a programação completa:

Horário Tema Apresentador
14h - 15h30 Cidades do futuro Myriam Tschiptschin – Gerente Núcleo Smart Cities da CTE
Fedra Ribeiro – Senior VP Sales – Connected Mobility Solutions Division da Bosch
Alexandre Lafer Frankel – CEO da Vitacon
Daniel Fernandes – Jornalista do Estadão
Jayme Faria – Principal Consultant Latin America da Frost & Sullivan
Rogério Louro – Diretor de Comunicação Corporativa da Nissan
17h - 18h30 A mobilidade melhorando a qualidade de vida na cidade Mauro Calliari – Jornalista do Estadão
Tomas Petti Martins – Fundador da TeamBici
João Octaviano Machado Neto – Secretário de Mobilidade e Transportes da Prefeitura de São Paulo
Luis Fernando Guidorzi – Parceiro de negócios no Facebook para indústria automotiva
Maurício Andrade de Paula – Especialista de Varejo e Big Data da Teradata
Kiko Macedo – Fundador e CEO da Mobike
20h - 21h30 O futuro da mobilidade: conectado, multi-modal e compartilhado Ricardo Fortes – Head of Corporate Relationship da FIAP
Diego Lira – Fundador da Turbi
Douglas Tokuno – Head of Waze Carpool Brazil
Kay Stepper – VP Driver Assistance and Automated Driving North America da Bosch
Humberto Marques Menusier – CMO da Sem Parar
Marcelo Rosal – Executivo da Porto Seguro
Horário Tema Apresentador
14h - 15h30 A Mobilidade na cidade do Futuro Paulo Oliveira – Curador do Estadão
Fernando Saddi – CEO da Easy Carros
Olivier Capoulade – Country Manager da Voom
Kay Stepper – VP Driver Assistance and Automated Driving North America da Bosch
Fabio Rabelo – Gerente Executivo de Digitalização e Novos Modelos de Negócios da Volkswagen
17h - 18h30 Veículos Elétricos: realidade ou ficção? Zeca Chaves – Jornalista da Revista Quatro Rodas
Edgar Escobar – Presidente da ABRAVEI
César Urnhani – Piloto do Programa Auto Esporte da Rede Globo
Ralf Spierling – Head of Sales Electrification da Bosch
José Maurício Andreta Júnior – Vice-Presidente da Fenabrave
Mauro Correia – Presidente da SAE BRASIL
Eduardo Sousa – Diretor da Eletric Mobility Brasil
20h - 21h30 Como será o futuro da mobilidade? Ralf Spierling – Head of Sales Electrification da Bosch
Luis Fernando Guidorzi – Parceiro de negócios no Facebook para indústria automotiva
Guira Blumer Baretto – Intelligent Mobility Leader da Frost & Sullivan
Paulo Maisonnave – Especialista de Inovação da ENEL X
Rogério Louro – Diretor de Comunicação Corporativa da Nissan
Horário Tema Apresentador
14h - 15h30 Start-ups: novos modelos de negócio, mais serviços e opções nas cidades Elias Horn Miana – Chefe da Divisão Planejamento Estratégico da Toyota
Maurício Duarte – Sócio-fundador e CEO da SCOO Mobilidade
Tamy Lin – CEO da Moobie
Luciano Alves de Oliveira - Diretor da Moovit
David Dias – Diretor da Accenture
17h - 18h30 Internet das Coisas (IoT) na prática Rodrigo Mourad – Diretor Executivo da Cobli
Hugo Santos – Fundador da Pluvi.On
20h - 21h30 Veículos autônomos no Brasil Rodrigo Ribeiro – Jornalista da Revista Quatro Rodas
Fernando Deotti – Diretor de Negócios da IPSOS
Carlos Libera – Head Automotivo da Bain & Company
Horário Tema Apresentador
14h - 15h30 Tecnologia mudando a forma como nos movimentamos em nossas cidades Gabryella Corrêa – Fundadora do Lady Driver
César Urnhani – Piloto do Programa Auto Esporte da Rede Globo
Marcos Bigongiari – Sócio e Diretor de Operações da SCOO Mobilidade
Roberto Niemeyer – Presidente da Unidade Abastecimento B2C da Sem Parar - Abastecimento
Tomas Petti Martins – Fundador da TeamBici
Nuno Miguel Pinto – Gestor de Marketing e Marca da EDP
17h - 18h30 Possibilidades para um mundo André Trigueiro – Jornalista da Globo News
20h - 21h30 Aplicando tecnologia para mudar a vida Samir Ramos – Diretor de Inovação da Smarters
Maurício Andrade de Paula - Especialista de Varejo e Big Data da Teradata
Tarso Marques – Ex-Piloto de Fórmula 1
Stanley Souza – Fundador do Stalebu
David Dias – Diretor da Accenture
Horário Tema Apresentador
14h - 15h30 Mobilidade na cidade e no futuro Alexandre Tedeschi – Sales Manager da Bosch
Eduardo Manzano – Design Director da EMDAStudio
Daniel Fernandes – Jornalista do Estadão
Miguel Fonseca – Vice-Presidente Executivo da Toyota
Luciano Driemeier – Gerente de Estratégia de Produto da FORD
Ana Beatriz Monteiro – Consultora em Infraestrutura da KPMG
17h - 18h30 Locação, aluguel, compra.. Qual a melhor opção para mim? Tarso Marques – Ex-Piloto de Fórmula 1
Ciro Biderman – Professor da FGV
Marcelo Daniel – Head of Broking | Latin América da Willis Towers Watson
Rivaldo Leite – Diretor Executivo da Porto Seguro
20h - 21h30 Tendência Veículos Híbridos-Flex no Brasil Besaliel Botelho – Presidente da Bosch
Celso Simomura – Vice-Presidente da Toyota
Horário Tema Apresentador
14h - 15h30 Empreendedorismo de tecnologia no Brasil: há espaço para mudar o mundo! Cristiano Kruel – Head of Intelligence & Innovation da Startse
Antonio Avellar – COO e Co-founder da Volanty
Gabryella Corrêa – Fundadora do Lady Driver
Guilherme Mosaner – COO da Zazcar
Nathalia Medici – Head of StartSe for Goods da Startse
Davi Barboza – CEO da Automobi
17h - 18h30 O futuro que está sendo construído por nós Alberto Abdu – Business Development & Innovation da Bosch
Leonardo Libório - Fundador da Bynd
Paulo Maisonnave – Especialista de Inovação da ENEL X
Leonardo Loss – Chief Knowledge Office da 7D analytics
20h - 21h30 Cidades inteligentes: como construir esta realidade Myriam Tschiptschin – Gerente Núcleo Smart Cities da CTE
Luiza Madeira – Waze Insights and Sales Strategy do Waze
Petrus Moreira – Superintendente Mobilidade da Alelo
Rodrigo Barjas Amado – Head of Mobility – Global Market Development & Applied Technology da CBMM
Horário Tema Apresentador
14h - 15h30 Como vamos viver no futuro: a fusão entre tijolo, tecnologia e mobilidade Paulo Oliveira – Curador do Estadão
Danilo Pedro Conti – Secretário de Planejamento Urbano e Desenvolvimento Sustentável da Prefeitura de Joinville
Alexandre Lafer Frankel – CEO da Vitacon
17h - 18h30 Cidades brasileiras inovando para melhorar os serviços e a vida nas cidades Danilo Pedro Conti – Secretário de Planejamento Urbano e Desenvolvimento Sustentável da Prefeitura de Joinville
Rafael Tartaroti – Fundador da Mobilab SP
Elias de Souza – Sócio da Deloitte
Frederico Lacerda – Diretor Técnico da Agência Curitiba
Eduardo Endo – Diretor MBAs da FIAP
Fernando Yunes Elias Fraiha – CEO da Sem Parar
20h - 21h30 O futuro está próximo - para onde estamos indo? Asutosh Padhi – Sócio Sênior da McKinsey
Bernardo Ferreira – Sócio Associado focado no setor Automotivo
Horário Tema Apresentador
14h - 15h30 Mobilidade para todos os gostos Ricardo Fortes – Head of Corporate Relationship da FIAP
Diego Lira – Fundador da Turbi
Gustavo Gracitelli – Fundador da Bynd
Alvimar da Silva – Fundador da JaUbra
Gabryella Corrêa – Fundadora da Lady Driver
Tarso Marques – Ex-Piloto de Fórmula 1
17h - 18h30 O futuro da mobilidade: conectado, multi-modal e compartilhado Elias de Souza – Sócio da Deloitte
Fernando Saddi – CEO da Easy Carros
André Luiz Cunha – Professor da USP São Carlos
Denis Lopardo – Sócio-Fundador e Diretor de Expansão da SCOO Mobilidade
20h - 21h30 Soluções para mobilidade Petrus Moreira – Superintendente Mobilidade da Alelo
Ricardo Marar – Especialista da FIESP
André Luiz Cunha – Professor da USP São Carlos
Célia Padilha Fernandes – Sócia e Diretora de Projetos e Expansão da Mobike
Horário Tema Apresentador
14h - 15h30 O futuro do automóvel Gabriel Aguiar – Jornalista da Revista Quatro Rodas
Maximiliano Fernandes – Diretor Executivo da Movida
17h - 18h30 Veículos elétricos: uma realidade brasileira Edgar Escobar – Presidente da ABRAVEI
Henrique Rodriguez – Jornalista da Revista Quatro Rodas
Luiz Fernando Oliveira – Chefe de Projetos Engenharia Veículos Elétricos Renault
Eduardo Sousa – Diretor da Eletric Mobility Brasil
20h - 21h30 O futuro do transporte chegou. Prepare-se! Ricardo Penzin – Head of Business Development Brazil da Hyperloop Transportation Technologies
André Luiz Cunha – Professor da USP São Carlos
Leonardo Domingos – CEO da Urbano
David Dias – Diretor da Accenture
Horário Tema Apresentador
14h - 15h30 Compartilhando para ganhar Ricardo Marar – Especialista da FIESP
Alexandre Lafer Frankel – CEO da Vitacon
Tamy Lin – CEO da Moobie
Leonardo Domingos – CEO da Urbano
17h - 18h30 Veículos autônomos no Brasil Leimar Mafort – Gerente de Engenharia da Bosch
Ana Beatriz Monteiro – Consultora em Infraestrutura da KPMG
20h - 21h30 Mobilidade "multi": combinando soluções, se locomovendo melhor Eduardo Manzano – Design Director da EMDAStudio
Antonio Fiola – Presidente do Sindirepa - SP
Indio Brasileiro Guerra Neto – Sócio-Fundador e Diretor de Marketing da SCOO Mobilidade
Fernando Deotti – Diretor de Negócios da IPSOS
Horário Tema Apresentador
12h30 – 14h00 O futuro do automóvel Luciano Driemeier – Gerente de Estratégia de Produto da FORD
Caique Ferreira – Diretor de Comunicação da Renault
David Dias – Diretor da Accenture
Marcos Calliari – CEO da IPSOS
17h - 18h30 O Brasil que dá certo Diego Lira – Fundador da Turbi
Stanley Souza – Fundador do Stalebu
Samir Ramos – Diretor de Inovação da Smarters